4.26.2011

estratégias

Uma das muitas (imensas, ainda que finitas) estratégias que desenvolvi ao longo do tempo sob alimentação controlada (não quero dizer restrita), foi tentar manter-me excitada com a antecipação de 'comida'. Como iria um caldinho aquoso, sem substância, de água com água, nem tempero nem textura, excitar-me a vinda do almoço? Como poderia esperar resistir a qualquer tentação que surgisse no rescaldo (ou na iminência, quando sou mais fraca!) de tão fraco repasto?
Impossível.         
Sim, senhoras e senhores, é um jogo de Risco com ela (A GULA!): não me posso aventurar em ataques frontais e óbvios do tipo “agora é tolerância ZERO, tudo ou nada!” nem tão pouco fazê-la sentir que a estou a privar de algo que ela, claramente, acredita ter o direito (divino, diria!) de receber – ela riria na minha cara, corroeria a minha determinação e, daí a nada, contra-atacava com visões de iguarias elaboradas a perturbarem-me o sono... Não, não pode ser - sou sensata ao ponto de admitir que ela é, sempre foi e será, mais forte que eu.
Portanto, que fazer? Ora! Dar uma de ninja, claro; atacar pela calada e com ataques dissimulados. Se vou comer saudável, tenho de fazer um esforço para embelezar a coisa, torná-la apetecível, texturada, passível de encher o olho da Gula e fazê-la acreditar que não, não foi enganada, mas que comeu e comeu bem.
     Cabe-me  a mim arranjar alternativas equivalentes a refeições ditas normais ou fazer algo saudável parecer um doce (como as minhas merendas). A Gula fica satisfeita, o papo cheio, a boca cansada – e só daí a 3 horas é que ouço algum queixume esfomeado.

4 comments:

Ana * said...

Essa é uma boa estratégia! :) Os olhos (e a cabeça) comem muito... se lhes conseguirmos agradar, é meio caminho andado!
Desejo-te sorte para continuares com os teus objectivos... de certeza que serás bem sucedida! Um beijinho :*

A Dieta e a Cidade said...

Devo confessar que o que mais me custa não é o exercício, é mesmo fechar a boca a coisinhas boas... que nervos! A minha estratégia é comer em prato de sobremesa... assim não encho "sem querer" em demasia. Ah, e não repetir...

May the Force be with you!

Mari said...

Os olhos estão diretamente relacionados ao nosso processo de emagrecimento, né? Se os olhos gostam o estômago se sacia! Adorei as suas técnicas ninja para driblar a odiosa gula!
Tamo juntas nessa!!!!
Beijos querida e uma semana de poucas calorias,
Mari

sue marie said...

Sim é uma boa estratégia!
eu uso as duas, sabes?
Por exemplo, agora depois da páscoa, que abusei estupidamente, estou de tolerância 0. Que é relativa..porque como pão ao p.almoço e lanche..simplesmente são dias em que está tudo mesmo controlado.
E depois claro, no dia a dia, vou comendo disfarçadamente..ate faço de couve flor..arroz :p

beijo